Vídeos e fotos: Ciclone Bomba que devastou o sul do país irá atingir o litoral do Sudeste e pode chegar até a Bahia

Escrito por em 01/07/2020

Até a noite desta quarta-feira (1º), os efeitos do ciclone bomba, que causou mortes e sérios danos estruturais nos estados do Sul do Brasil, poderão atingir outros Estados do país. A informação foi divulgada pela Marinha do Brasil.

Segundo o órgão das Forças Armadas, ventos de até 88 km/h podem chegar à faixa litorânea de São Paulo e Rio de Janeiro, até a noite desta quarta (1º). Esse vendaval poderá promover ondas de três a quatro metros de altura em alto mar entre o Rio de Janeiro e a Bahia, ao sul de Caravelas, entre quarta e a manhã da sexta-feira (3).

Ainda segundo a Marinha, a aproximação de uma frente fria poderá provocar rajadas de vento de até 74 km/h na faixa ao norte de Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, até o sul de Guarapari, no Espírito Santo.

‘Ciclone bomba’: Estados do Sul poderão ter segunda onda

Se a situação no Sudeste do país é de alerta, no Sul é de temor. Segundo os órgãos de meteorologia e a Marinha, persiste a previsão de uma possível segunda onda do “ciclone bomba”, que deixará o mar muito agitado. Também poderá haver ressaca com ondas que podem superar os quatro metros de altura em Santa Catarina até a tarde de quinta-feira.

Devastação

Na terça-feira (30), fortes temporais atingiram Santa Catarina e deixaram estragos em todas as regiões do Estado, além de quatro mortes. Árvores foram derrubadas e muitas casas destelhadas. Os ventos chegaram a 120 km/h.

interior do Rio Grande do Sul também estragos provocados pela forte chuva e um homem morreu soterrado. Além disso, os portos estão com atividades interrompidas devido à previsão de ventos de 120 km/h.

No Paranáventos de quase 100 km/h derrubaram árvores e deixaram imóveis de Curitiba sem energia elétrica. O telhado de um conjunto habitacional também foi arrancado com a força dos ventos. Em São Paulo, o “ciclone bomba” trouxe frente fria e provocou rajadas de vento de mais de 50 km/h na capital paulista.

Moradores da região Sul do Brasil registraram momentos assustadores.

Confira alguns vídeos:

 

defesa-civil-tempestade Santa-Catarina-ciclone-extratropical

Estragos causados no sul do País pela passagem da tempestado estratropical que também está sendo chamada de “ciclone bomba” – fotos: redes sociais

Estragos causados no sul do País pela passagem da tempestado estratropical que também está sendo chamada de “ciclone bomba” – fotos: redes sociais

Estragos causados no sul do País pela passagem da tempestado estratropical que também está sendo chamada de “ciclone bomba” – fotos: redes sociais

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna / Foto de Capa: Reprodução redes sociais / Vídeos : reprodução redes sociais


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]