VÍDEO: Vários carros, venda de bebidas e carvão e até um ônibus escolar estacionados no acesso à cachoeira dos Peixotos na divisa de Itatiaiuçu e Itaúna

Escrito por em 28/09/2020

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma grande quantidade de carros, venda de bebidas e de carvão e até um ônibus escolar nos arredores do acesso à Cachoeira dos Peixotos em Itaúna. Além do risco de aglomeração aumentar as chances de contágio pelo novo Coronavírus, o lixo que tem sido deixado pelos frequentadores nas cachoeiras da regilão pode causar outro problema: água parada e proliferação do Aedes Aegipty transmissor da Dengue Zika e Chicungunya.

Bebidas e carvão

No vídeo, além do grande número de carros estacionados, é possível ver que foi montado até uma tenda para venda de cerveja e carvão para churrasco.

Ônibus de Igarapé

Um outro ponto que chama a atenção é que encontra-se no local um ônibus escolar oficial identificado pelos autores do vídeo como sendo da prefeitura de Igarapé. O uso de automóveis públicos deve ser feito somente com autorização e para fins oficiais ou para atender a necessidades do município, o que, definitivamente, não era o caso em um final de semana na cachoeira.

O jornalismo do Grupo Rádio Clube entrou em contato com a Prefeitura de Igarapé para saber qual a justificativa ou sanções para o motorista do veículo em questão. As 11h26 a prefeitura retornou nosso email informando que o ônibus não pertence à frota de veículos do município, que trata-se de veículo particular utilizado para fretamentos. Veja a resposta:

A Prefeitura  de  Igarapé, por meio da Secretaria Municipal de Educação, informa que este ônibus não pertence à frota  de  transporte escolar do município. Também não pertence à nenhuma outra secretaria da Prefeitura.  
Pela placa que aparece no vídeo, trata-se de veículo de pessoa física, que provavelmente trabalha com fretamento particular.
Diante disso, solicitamos que retirem da reportagem a informação divulgada equivocadamente.

Prefeitura de Itaúna

Entramos em contato também com a prefeitura de Itaúna para saber sobre fiscalização nestes pontos. Veja a resposta:

Apesar de não estar claro a origem do vídeo a Prefeitura de Itaúna lamenta profundamente tamanha aglomeração. Reforçamos que o Município age, com todas as suas limitações, para que a fiscalização seja possível bem como investe em campanha de conscientização, contando com a participação do cidadão nessa causa. Se cada um fizer sua parte todos ganham.

No final da tarde, as 17h40, a assessoria de comunicação da prefeitura de Itaúna entrou em contato com o nosso jornalismo informando que a Cachoeira dos Peixotos não fica em Itaúna, mas na divisa com Itatiaiuçu, pertencendo ao município vizinho.

Amigos das cachus

Além da possibilidade de aglomeração estar ocorrendo nestes locais, agravando o risco de transmissão de covid-19, outro ponto negativo desta grande quantidade de pessoas é o acúmulo de lixo. E lixo deixado nas margens das cachoeiras, além de prejudicar o meio ambiente também pode aumentar o risco de acumular água parada e proliferar o mosquito Aedes Aegipty transmissor da Dengue, Zika e Chicungunya.

Um grupo de amigos, intitulado “Amigos das cachus”, realiza mutirões voluntários de limpeza das cachoeiras no município e deixa nos locais placas e faixas para conscientizar os frequentadores dos locais. Infelizmente, em uma das cachoeiras visitadas pelo grupo, moonlight, uma das faixas deixadas pelo grupo foi arrancada.

Confira o vídeo:

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]