Sony Music compra gravadora Som Livre por R$ 1,4 bilhão

Escrito por em 06/04/2021

 

Depois de mais de 50 anos de história, a Som Livre está saindo das mãos do Grupo Globo. Uma das maiores gravadoras do país, o selo já estava à venda desde novembro do ano passado, é uma propriedade da Sony Music Entretainment.

O valor do acordo gira em torno de R$ 1,4 bilhão e ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Os valores foram divulgados pela Sony para a SEC, sigla em inglês para Comissão de Valores Mobiliários, que é a agência federal que controla e regula os mercados financeiros dos Estados Unidos.

A Som Livre nasceu em 1969 e foi responsável por lançar grandes artistas da música brasileira, como Djavan, Novos Baianos e Rita Lee. Atualmente, a empresa foca seus esforços em artistas do universo sertanejo, como Marília Mendonça, Jorge & Mateus e Wesley Safadão. O selo já foi o maior do país em muitas ocasiões, mas hoje ocupa a terceira posição, atrás de Sony e Universal Music.

Poucas mudanças

Wesley Safadão está entre os principais artistas do casting da Som Livre.

 

Apesar da mudança de dono, o nome sim Som Livre, que tem grande força no mercado fonográfico brasileiro, seguirá sendo usado. “A Som Livre se tornará um centro criativo independente dentro da Sony Music que continuará a contratar, desenvolver e promover seu próprio elenco de talentos”, disse a Globo em comunicado à imprensa.

Além disso, a gravadora seguirá sendo comandada pelo CEO Marcelo Soares, que agradeceu aos agora antigos donos por todo o suporte oferecido nos 52 anos de história da marca. “O suporte da Globo foi fundamental para o crescimento da Som Livre, sobretudo pela última década quando construímos o negócio ao que ele é hoje”, declarou Soares.

Além dos artistas populares do elenco da Som Livre, a Sony Music terá o desafio de tocar as primeiras edições pós-pandemia de alguns dos principais festivais de música do país. Entre eles estão o Festeja, um dos maiores encontros sertanejos do país, e o Promessas, voltado para a música gospel.

Com informações do G1 e Notícias da TV


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]