Secretaria Estadual de Saúde emite nota de esclarecimento sobre a distribuição de vacinas da covid-19 no estado de Minas Gerais

Escrito por em 21/01/2021

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) esclarece que recebeu do Ministério da Saúde 577.480 doses da vacina da Coronavac, o que, abatida a reserva técnica, equivale a 275.088 pessoas a serem vacinadas – 2 doses para cada.

As doses foram distribuídas aos 853 municípios mineiros conforme critérios do Programa Nacional de Imunização (PNl), coordenação competente dentro do Ministério da Saúde, a quem é atribuída a definição dos grupos prioritários.
A quantidade de doses para cada município foi feita de acordo com os dados alimentados pelos gestores municipais, nos sistemas de informações federais. São eles: Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), Cadastro Nacional da Assistência Social (CadSUAS) e o Departamento de Saúde Indígena – Desai.

Confira a quantidade de doses recebidas por algumas cidades de Minas:

  • Bonfim – 47 doses
  • Carmópolis de Minas – 108 doses
  • Carmo da Mata – 79 doses
  • Carmo do Cajurú – 149 doses
  • Cláudio – 247 doses
  • Crucilândia – 154 doses
  • Divinópolis – 7.258 doses
  • Igaratinga – 103 doses
  • Itaguara – 131 doses
  • Itaúna – 1.906 doses
  • Itatiaiuçu – 93 doses
  • Juatuba – 126 doses
  • Mateus Leme – 590 doses
  • Passa Tempo – 84 doses
  • Piedade dos Gerais – 67 doses
  • Piracema – 63 doses
  • Serra da Saudade – 13 doses
  • Pará de Minas – 1.629 doses
  • Passa Tempo – 84 doses

De forma planejada, foi mantido na Central Estadual da Rede de Frio, em Belo Horizonte, um contingente técnico de reserva para suprir possíveis divergências desses sistemas oficiais.
Neste sentido, hoje, foi aberto um fluxo de informação junto aos municípios, para que possam atualizar os dados em caso de divergências.

A SES-MG ressalta que segue as orientações do Plano Nacional de Imunização e que espera que os entraves para o envio, pelo Ministério da Saúde, de novas remessas de vacina sejam superados de forma rápida para que o Estado possa receber novo carregamento, essencial no combate à pandemia.

Foto: Alexandre Rezende


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]