Retrospectiva 2020: lives dominaram o ano, e Brasil é destaque mundial

Escrito por em 22/12/2020

Por: Uai

Marília Mendonça é a rainha das lives e entra duas vezes no Top 10 (foto: Reprodução/Youtube)

No cenário de uma pandemia, as pessoas precisaram mudar os hábitos sociais e se manterem em isolamento. Isso gerou grande impacto para diversos setores e um deles foi a indústria musical, impossibilitada de continuar com os shows, que movimenta a economia e gera emprego para milhares de pessoas.

Para unir a necessidade de gerar renda, junto à uma forma de entretenimento para as pessoas dentro de casa, surgiram as lives. Em um formato intimista, que pode durar por horas, os cantores passam o tempo entre uma música e outra interagindo com os telespectadores.

A ideia agradou ao público e as lives se popularizaram ao longo da pandemia. Pioneiro, o cantor sertanejo Gusttavo Lima fez a primeira transmissão de casa, em 28 de março. O embaixador “revolucionou o jeito de fazer live”, como disse a colega Marília Mendonça. Depois dele, vários cantores compraram a ideia e começaram a fazer o mesmo.

As lives também se tornaram algo rentável, com diversas propagandas ao longo da transmissão, que tem a duração de horas. Os patrocinadores viram uma grande oportunidade de inserir seus produtos no formato que cresceu durante a pandemia.

Foi divulgado na mídia que o cantor Gusttavo Lima, por exemplo, chega a arrecadar cerca de R$ 10 milhões com as lives. Se tornou o artista que mais lucrou durante a pandemia.

 

Os cantores nacionais dominaram o ranking global de lives musicais no YouTube, divulgado pela plataforma. A artista em destaque é Marília Mendonça, que assumiu a liderança, com 3,31 milhões de espectadores simultaneamente. Ela ainda aparece novamente em oitavo lugar com a live “Todos Os Cantos De Casa”, com 2,21 milhões.

O YouTube considerou o pico de audiência em cada uma das lives. Confira o ranking completo:

  • Marília Mendonça #LiveLocalMariliaMendonca
O topo do ranking foi assumido pela “rainha do Brasil”, como define o público, Marília Mendonça. Essa foi a primeira live da cantora, realizada em 8 de abril, e teve cerca de 3,31 milhões de acessos simultâneos. Ela, inclusive, ganhou um troféu no Prêmio Multishow 2020 de “Live do Ano”.
  • Jorge & Mateus – Live na Garagem

Entre os brasileiros no topo da lista de maiores lives musicais da plataforma está a dupla sertaneja Jorge & Mateus, com 3,24 milhões de visualizações. A “Live na Garagem” foi transmitida em 4 de abril, e era uma promessa dos cantores de cantar as melhores músicas e que marcaram os 15 anos de carreira da dupla.

  • Andrea Bocelli
O tenor, compositor e produtor musical italiano Andrea Bocelli conquistou o terceiro lugar das lives mais assistidas de 2020, com 2,86 milhões de telespectadores simultâneos. A transmissão de apenas 25 minutos foi realizada no domingo de Páscoa, 12 de abril, diretamente da catedral deserta de Milão.
  • Gusttavo Lima
O embaixador Gusttavo Lima, que saiu como pioneiro no formato, alcançou a marca de 2,77 milhões de acessos simultâneos em sua segunda live, o “Buteco em Casa”. O show foi transmitido em 11 de abril e começou por volta das 20h30 e se arrastou pela madrugada. Gusttavo Lima cantou seus grandes hits, como “A gente fez amor”, “Milu”, “Quem Traiu Levou” e “Carreira Solo”.
  • Sandy & Junior
No meio das lives, claro que não poderia faltar aquele clima de nostalgia com a dupla Sandy & Junior. Os irmãos, que se separaram profissionalmente em 2007, se reuniram novamente em 2019 para uma série de shows no Brasil e no exterior e tiveram ingressos esgotados em minutos. E o sucesso também repercutiu na live, já que muitas pessoas não puderam ir aos shows. Foram 2,55 milhões de acessos simultâneos. Eles cantaram seus grandes sucessos, que marcaram gerações.
  • Leonardo #CabareEmCasa
O ranking do YouTube foi dominado pelos sertanejos e, quando se fala de live, o nome do cantor Leonardo está entre eles. A transmissão, realizada 1º de maio, do “Cabaré em Casa”, ao lado do colega Eduardo Costa, rendeu a marca de 2,52 milhões de acessos no canal de Leonardo. Apesar disso, o vídeo não está disponível no canal oficial do cantor.
  • BTS
Se tem recordes mundiais, tem a banda de k-pop BTS. O grupo fez a transmissão em 8 de abril, fechada para o público que pagou, e ainda sim, gerou 2,31 milhões de visualizações. Eles também são os atuais donos do título de  “Vídeo mais visualizado no YouTube em 24 horas”, com “Dynamite”, que chegou a 101,1 milhões de visualizações em um dia.
  • Marília Mendonça #TodosOsCantosDeCasa

Dominando a lista, Marília Mendonça aparece novamente com a live “Todos Os Cantos de Casa”, que intitulou em referência ao seu projeto musical pelo Brasil. De um jeito mais “elaborado” do que a primeira, ela conquistou a marca de 2,21 milhões de acessos simultâneos em 9 de maio.

  • Henrique & Juliano
Mais uma dupla sertaneja entrou para o ranking global de lives do Youtube. Em 9° lugar da lista, Henrique e Juliano conquistou 2,06 milhões de acessos simultâneos em 19 de abril. A dupla também não disponibilizou o vídeo no canal oficial da plataforma após a transmissão.
  • Bruno e Marrone
Mesmo com 35 anos de carreira, a dupla sertaneja Bruno e Marrone também marcou presença no formato digital dos shows. Eles alcançaram 2,05 milhões de acessos em 16 de maio e entraram para o Top 10 das maiores lives no Youtube
Apesar das lives terem bombado durante a pandemia, é possível perceber que todas do Top 10 estão entre 4 de abril e 9 de maio. Após nove meses de pandemia, o formato pode ter saturado o público. No entanto, é uma aposta para continuar após a pandemia.

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]