Profissionais de eventos negociam retomada das atividades em janeiro com prefeitura de Itaúna

Escrito por em 23/12/2020

Os representantes da APEI (Associação dos Profissionais de Eventos de Itaúna) estiveram reunidos com o prefeito Neider Moreira e com o Gerente de Cultura da cidade, Ilimane Joe. Em pauta a retomada das atividades do setor a partir da segunda quinzena de janeiro quando acreditam que os números da pandemia terão reduzido.

Nesta segunda-feira, 21/12, se reuniram Matheus Corradi (Maisagito Eventos), representante da APEI (Associação dos Profissionais de Eventos de Itaúna) e o Secretário de Cultura, Joe. A pauta discutida foi a retomada dos pequenos eventos familiares em Itaúna. Matheus entregou para o secretário o Plano de Retomada da APEI, contendo todos os protocolos de segurança sugeridos para o setor. De acordo com comunicado da APEI “ambos concordaram que os profissionais já sofreram muito, e está na hora do poder público dar-lhes atenção. A expectativa é que em meados de janeiro, os números da pandemia recuem, possibilitando o início desta retomada”.

O representante da APEI, Matheus Corradi, e o Gerente de Cultura de Itaúna, Ilimane Joe. Foto: Divulgação APEI

Reunião com o prefeito

Antes disso, na sexta-feira, 18/12 aconteceu uma reunião entre o Prefeito Neider e os representantes da APEI (Associação dos Profissionais de Eventos de Itaúna) Matheus Corradi (Maisagito Eventos) e Argeu Andrade (Espaço Marvel). A pauta foi a mesma da reunião desta segunda-feira, 21/12: o retorno dos pequenos eventos familiares na cidade. Os representantes da APEI entregaram uma proposta formal com todos os protocolos de segurança que devem ser aplicados, para um retorno responsável.

O Prefeito Neider recebe dos representantes da Associação dos Profissionais de Eventos de Itaúna Matheus Corradi e Argeu Gonçalves Andrade o protocolo de medidas de segurança para a realização de eventos

Medidas de segurança

Dentre os vários termos das medidas de segurança para a realização de eventos de pequeno porte a APEI destaca os seguintes:

  • a limitação de público em 50% da capacidade do local de acordo com o AVCB, respeitando um limite máximo de 100 pessoas,
  • medição de temperatura na entrada,
  • obrigatoriedade de máscara,
  • dispensadores de álcool em todas mesas e banheiros,
  • protocolos de buffet similares aos dos restaurantes.

Matheus e Argeu informaram ao prefeito a situação crítica dos profissionais do setor, que amargam grandes prejuízos desde março quando as atividades do setor foram interrompidas. Argumentaram ainda que vários setores já retornaram as atividades como bares, comércio, restaurantes, e agora acreditam que seja a vez do setor de eventos.

“O potencial de empregabilidade de um pequeno evento familiar é enorme. Se empregam dezenas de profissionais em apenas um evento”,

afirmaram os representantes da Associação dos Profissionais de Eventos de Itaúna.

O prefeito Neider se mostrou solidário à situação do setor e reforçou que o momento é muito delicado. Ficou acordado entre as partes que uma nova reunião será feita em meados de janeiro, onde os dados da pandemia serão analisados, e caso haja recuo na transmissão do vírus, o cenário se mostrará favorável ao retorno do trabalho destes profissionais.

 Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna

Leia mais:


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]