Profissionais de educação física fazem manifestação em Itaúna pela reabertura das academias

Escrito por em 08/04/2021

Profissionais que trabalham na área de educação física farão uma manifestação em Itaúna, nesta quinta-feira, 08/04, às 15h30, em frente à prefeitura. O protesto tem a intenção de sensibilizar a administração pública para a reabertura das academias. De acordo com os profissionais do setor, além de ser um serviço essencial para a manutenção da saúde e aumento da imunidade, as academias seguem todos os protocolos sanitários de combate à disseminação do novo coronavírus. Portanto, não justificaria, de acordo com pessoas que trabalham na área, que as academias sigam fechadas uma vez que a falta de atividade física regular pode levar ao aumento de outras doenças e mesmo ao agravamento dos sintomas de Covid-19, ocasionando maior procura por hospitais e serviços de saúde que estão em colapso.

Cidades vizinhas abertas

Cidades vizinhas a Itaúna, como Divinópolis, permitiram a reabertura das academias. Na semana passada o prefeito de Divinópolis, Gleidson Azevedo, publicou um decreto flexibilizando o funcionamento de várias atividades na cidade, dentre elas as academias de ginástica.

Uma profissional de educação física ouvida pelo jornalismo do Grupo Rádio Clube de Itaúna falou da importância da atividade física e sugeriu que, ao invés de apenas fechar, a prefeitura faça a fiscalização do cumprimento dos protocolos sanitários pelas academias:

Itaúna reconhece academias como serviço essencial

Em Itaúna as academias foram reconhecidas como atividade essencial, juntamente a outras atividades físicas, por meio da Lei 5.591 que foi promulgada no dia 19 de fevereiro.

Esta Lei define as academias de musculação, ginástica, pilates, natação, hidroginástica, artes marciais e todo tipo de esportes, como atividades essenciais à saúde em período de calamidade pública, no âmbito do Município de Itaúna.

 

A profissional de educação física ouvida pelo jornalismo do Grupo Rádio Clube de Itaúna lembra que a manifestação é a favor do cumprimento da norma de serviço essencial já reconhecido pelo município:

Confira a Lei 5.591 no portal da Câmara de Itaúna clicando aqui.

GARE

O GARE – Grupo de Academias Responsáveis e Éticas – produziu um vídeo pela reabertura do serviço no qual cita um estudo europeu que aponta que ir à academia não aumenta risco de contaminação pelo coronavírus. No vídeo também há a afirmação de que após a publicação do estudo citado a Noruega decidiu reabrir todas as academias com as mesmas restrições utilizadas na pesquisa.

O estudo apontado no vídeo, entretanto, contém em sua abertura um aviso de que o mesmo é uma pré-impressão e não foi revisado por pares (ou seja por outros estudiosos e cientistas). Ele relata novas pesquisas médicas que ainda não foram avaliadas e, portanto, não devem ser usadas para orientar a prática clínica.

Confira o estudo (em inglês) clicando aqui.

Confira o vídeo do GARE:

Juiz nega pedido em BH

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) negou, em janeiro, no dia 09/01, pedido para manter academias abertas na capital mineira. O documento foi assinado pelo juiz Igor Queiroz, em resposta a um pedido feito pelo Grupo de Academias Responsáveis e Éticas (Gare).

Fio Cruz

A Fundação Oswaldo Cruz também publicou um vídeo em seu portal defendendo a importância da atividade física e que a redução no nível de atividade física nos meses de quarentena pode diminuir a imunidade das pessoas e aumentar o risco de hospitalização dos pacientes com COVID-19. Neste vídeo, a equipe COVID-19 DivulgAÇÃO Científica da Fiocruz conversa com Emmanuel Gomes Ciolac, pesquisador da Universidade Estadual Paulista, que fala sobre a importância de se manter fisicamente ativo durante a pandemia de COVID-19. Não há no vídeo, entretanto, recomendação para reabertura das academias.

Confira o vídeo da Fio Cruz:

Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]