Músicos de Itaúna fazem segunda manifestação pelo direito de trabalhar

Escrito por em 16/09/2020

Músicos de Itaúna marcam protesto para este sábado, 19/07, na praça Dr. Augusto Gonçalves, pelo direito de trabalhar. É a segunda manifestação que os músicos fazem pedindo que sejam liberadas as apresentações e shows suspensos desde o início da pandemia do novo Coronavírus. A primeira manifestação aconteceu no dia 7 de setembro, em frente à prefeitura de Itaúna, também na praça Dr. Augusto Gonçalves.

O protesto deste sábado está marcado para começar às 9 horas e será em frente à Igreja Matriz de Santana. A manifestação está sendo organizada pela AMI – Associação dos Músicos de Itaúna. Na divulgação do protesto a AMI afirma que reivindicam não apenas o direito dos músicos voltarem a trabalhar mas também todos os profissionais da cultura e de eventos.

Lei Aldir Blanc

O Governo Federal liberou uma ajuda em três parcelas de 600 reais para artistas e trabalhadores do setor cultural, mas este benefício ainda não está disponível para a classe. Uma outra verba, de 661 mil reais também foi liberada para Itaúna, para auxílio ao setor cultural, mas o dinheiro ainda não foi depositado na conta da Prefeitura. De acordo com entrevista do Gerente de Cultura da Prefeitura de Itaúna, Ilimane Joe às rádios Conexão FM 106,5 e Clube FM 93,5, ainda não há definição por parte do município sobre como esta verba será utilizada.

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna

Leia mais:

ITAÚNA: MÚSICOS FAZEM MANIFESTAÇÃO PELO DIREITO DE TRABALHAR

COMO SERÁ A DISTRIBUIÇÃO E ACESSO À VERBA DE QUASE 700 MIL REAIS DA LEI ALDIR BLANC EM ITAÚNA PARA ARTISTAS E GESTORES CULTURAIS

ITAÚNA REALIZA CADASTRO MUNICIPAL DE ARTISTAS E ESPAÇOS CULTURAIS PARA BENEFÍCIO DA LEI ALDIR BLANC


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]