Moradora desabafa sobre transporte público de Itaúna: “fazendo a população de palhaça”

Escrito por em 02/08/2022

Uma moradora de Itaúna encaminhou à redação do Grupo Rádio Clube de Itaúna um desabafo sobre a situação do transporte público da cidade e um vídeo no qual relata um episódio no qual os passageiros foram obrigados a descer do ônibus antes do trajeto terminar neste domingo (31/7) supostamente devido à realização da Corrida da Saúde realizada pela Secretaria Municipal de Esportes. A moradora Poliany Mota, que faz questão de assinar o desabafo (que você confere na íntegra abaixo), descreve o episódio vivido no domingo por ela e outros passageiros que tentaram, em vão, argumentar com o motorista do ônibus da linha Morro do Sol/Leonane sobre alternativas para seguirem o percurso ou pelo menos terem o valor pago pelas passagens devolvido. Poliany também conta que não encontrou nenhum aviso de suspensão ou mudança de roteiros dos ônibus previstos para o domingo. “Procurei nas redes sociais deles e da Prefeitura qualquer comunicado sobre a suspensão do serviço de ônibus durante a realização do evento esportivo e não localizei.“, relatou.

Ela informa, ainda, que registrou reclamação no PROCON contra a empresa e que nem mesmo o órgão conseguiu fazer contato com a empresa por telefone. A moradora por fim reclama que já desistiu de tentar buscar ajuda da Câmara de Vereadores ou da Prefeitura de Itaúna para resolver problemas relacionados ao transporte público municipal.

Resposta da Prefeitura e da Viasul

Entramos em contato com a Prefeitura de Itaúna e com a Viasul para saber se alguma providência será tomada em relação à situação descrita pela moradora. Assim que tivermos algum retorno, atualizaremos a matéria.

Ás 16h25 a empresa Viasul nos encaminhou a seguinte resposta:

A empresa não foi comunicada sobre a parte aberta da avenida ou rota alternativa. Diante do inconveniente, os passageiros afetados podem entrar em contato com a empresa para que encontremos uma solução.

A Prefeitura de Itaúna ainda não se manifestou.

Confira o desabafo da moradora:

Desabafo sobre o transporte público de Itaúna

Por várias vezes já estive em situações em que a linha do transporte coletivo em que eu estava precisou mudar a rota por intervenções em vias do itinerário. Porém, os motoristas nunca deixaram de fazer a corrida, comunicando os passageiros da necessidade de mudanças na rota durante o trajeto. Nesse domingo, 31/07, eu me vivi uma situação completamente absurda!

Peguei a linha Leonane/Morro do Sol, sentido ao Morro do Sol, no ponto ao lado da rodoviária, com o objetivo de descer no ponto da Avenida JK. Ao chegar na Silva Jardim, o motorista atendeu o celular e depois mandou todo mundo descer, porque ele não concluiria a corrida em virtude da interdição da Avenida Jove Soares para um evento esportivo. Quem esperava no ponto de ônibus também foi informado que a empresa não iria para a outra parte da cidade.

Alguém falou que ele, então, deveria mudar a rota, como é de costume. O motorista respondeu que era impossível, que a empresa havia lhe dado ordens para voltar para o Leonane, que é o ponto de partida. Eu também o questionei sobre fazer um contorno e ele mudou a versão do telefonema, dizendo que um representante da própria Prefeitura havia ligado. Então, pedi que ele ligasse para empresa para que a mesma, ao menos, devolvesse o dinheiro dos passageiros, ou parte dele. Fui ignorada, bem como os demais passageiros. No final, todos desceram. Pagamos por um serviço o qual a empresa se recusou a concluir.

Ao descer do ônibus segui pela Rua Manoel Corrêa e me deparei com uma passagem livre, na qual os carros e motos estavam seguindo e que daria para a linha Leonane/Morro do Sol passar. Liguei para a Viasul e ninguém atendeu. Procurei nas redes sociais deles e da Prefeitura qualquer comunicado sobre a suspensão do serviço de ônibus durante a realização do evento esportivo e não localizei.

Nesta segunda-feira, 01/08, procurei o Procon Itaúna, o qual sempre presta um excelente serviço, e que, inclusive, já me ajudou com problemas envolvendo a Viasul em outra ocasião. Fui muito bem atendida, relatei os fatos e após o registro de tudo, o atendente tentou por quase uma hora contato com a Viasul, em diferentes números, sem sucesso. Eu tenho certeza que, mais uma vez, o Procon vai cumprir o seu papel. Contudo, sei que a Câmara de Vereadores e a Prefeitura de Itaúna não vão fazer absolutamente nada. Por essa razão, nem me dei ao trabalho de protocolar nenhum queixa com eles. Já conheço bem o sistema. Apenas vão continuar permitindo que a Viasul continue fazendo a população de palhaça.

Fica aqui o meu relato de usuária do serviço de transporte coletivo de Itaúna.

Poliany Mota

Confira o vídeo gravado pela moradora no domingo (31/7):

Reclamações constantes

As reclamações relacionadas ao transporte público em Itaúna são constantes. Além da demora e da superlotação dos ônibus a manutenção dos veículos também tem sido motivo recorrente de insatisfação entre os usuários do transporte coletivo na cidade. Também é motivo de reclamação o valor de R$5,00 cobrado pela passagem, considerado abusivo pelos moradores.

Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna

Leia mais:


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]