Mineiro que deu prejuízo de R$ 12 milhões com golpes é preso em Portugal

Escrito por em 19/11/2021

Por Jornal O Tempo

Um golpista de Mariana, na região Central de Minas Gerais, que era procurado pela Interpol por causar um prejuízo de cerca de R$ 12 milhões a moradores do município, foi preso em Portugal e acabou sendo extraditado, nesta quinta-feira (18), pela Polícia Federal (PF).

Conforme a corporação, a investigação da Polícia Civil (PC) identificou que o suspeito se passava por investidor financeiro e proprietário de uma empresa imobiliária para aplicar os golpes.

“Também foi descoberto que o golpista utilizava um aplicativo de celular para disponibilizar ganhos fictícios e, com isto, motivar as vítimas a aportarem mais dinheiro para ele”, detalha a PF.

Após perceberem que tinham caído em um golpe, as vítimas tentaram resgatar o capital investido, mas não conseguiram e procuraram a polícia. Em março deste ano o homem fugiu do Brasil, passando a viver em Portugal.

Interpol

Após representação da Interpol em Minas Gerais, foi solicitado a publicação da Difusão Vermelha de procurado, em todo o mundo, o que acabou levando a polícia portuguesa a localizar o mineiro e prendê-lo na cidade do Porto.

“Escoltado por policiais federais em um voo proveniente de Lisboa, o extraditado desembarcou na tarde de hoje (quinta), no Aeroporto Internacional em Confins/MG”, complementa a PF.

O foragido da Justiça será conduzido ao Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) da Gameleira, em Belo Horizonte, onde estará à disposição da 1ª Vara Criminal de Mariana.

Ele responderá pelos crimes de estelionato, falsificação de documentos e exercício irregular da profissão.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]