Microrregião de Itaúna cai para a Onda Vermelha do ‘Minas Consciente’. Macrorregião permanece na Verde 

Escrito por em 29/10/2020

A macrorregião Oeste permaneceu na Onda Verde do programa “Minas Consciente”, conforme atualização desta quarta-feira, 28/10, anunciada pelo Governo de Minas Gerais. As determinações desta fase passam a valer a partir do próximo sábado, 31/10.

O Estado também atualizou a classificação das microrregiões. Nesta semana, a micro de Itaúna –que abrange as cidades de Itatiaiuçu, Piracema e Itaguara – regrediu para a Onda Vermelha do programa. Essas determinações também passam a valer a partir de sábado.

Com a deliberação do Comitê Extraordinário Covid-19 desta quarta, 11 das 14 macrorregiões de Saúde estão na fase menos restritiva do “Minas Consciente”. Nesta etapa, poderão ser reabertos estabelecimentos como parques naturais, de diversão, cinemas, teatros e bares com música com ao vivo. Para isso, é preciso que as regras de higiene, distanciamento e lotação máxima, sejam seguidas.

Caso as ondas indicadas para as macro e microrregiões sejam diferentes, caberá a cada prefeito de cada cidade optar por qual das duas recomendações seguir. As informações são divulgadas semanalmente no site do “Minas Consciente”.

Para avançar para a Onda Verde, a menos restritiva, as cidades precisam estar há 28 dias consecutivos na fase Amarela, sem sofrer retrocessos durante esse período.

Macrorregião

A macrorregião Oeste avançou para a Onda Verde na atualização divulgada no dia 21 de outubro. Segundo o governo de Minas, a redução de 16% da incidência da Covid-19 nos últimos 14 dias contribuiu para que quase todas as macrorregiões avançassem para a fase menos restritiva do plano estadual.

Itaúna no Vermelho

Ao contrário da macrorregião, a microrregião de Itaúna, que estava na Onda Amarela, caiu para a Onda Vermelha do programa Minas Consciente. O Comitê de Combate ao Covid na cidade deve decidir nas próximas horas se a cidade vai fechar o comércio e manter apenas serviços essenciais – que é o permitido na onda Vermelha – ou se permanece na Onda Amarela, como aconteceu em outras ocasiões em que a cidade esteve classificada na Onda Vermelha enquanto a Macrorregião estava na Onda Verde. Assim que tivermos mais informações atualizaremos a matéria.

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]