Lives juntam artistas e famosos em competição gastronômica

Escrito por em 21/05/2020

Na quarta-feira, 20 de maio, às 21h, começou a primeira da série Lives Comida Que Faz Bem, uma competição gastronômica vegana online, com artistas e famosos. Nesta primeira rodada, estão confirmados os nomes de Mel Lisboa (dia 20 de maio), Laura Neiva (22), Sonia Abrão (25), Fernanda Concon (27), Ellen Jabour (01 de junho) e Julia Rabello (03 de junho).

As lives serão veiculadas no YouTube da Mercy For Animals do Brasil e serão apresentadas pela influenciadora Carol Destro, que irá interagir com os artistas e com o público. Cada participante vai fazer uma receita 100% vegetal e o público poderá votar na sua favorita!

O objetivo das lives é arrecadar fundos para o projeto Comida Que Faz Bem, que está levando milhares de refeições à base de vegetais para crianças e moradores de comunidades em situação de vulnerabilidade, em meio à pandemia global de COVID-19.

Atualmente, o projeto atua no Complexo da Maré, em parceria com a Instituição Redes da Maré, e está fornecendo capacitação on-line em cozinha vegetariana, com certificado e livro de receitas. A iniciativa conta com apoio institucional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação do Rio de Janeiro.

Com as doações arrecadadas pelas lives, o projeto poderá ser estendido para outras comunidades e irá ajudar mais pessoas. As doações poderão ser realizadas por meio do QR Code na tela da live ou do link: https://alimentacaoconsciente.org/comidaquefazbem

Programação

  • 20/05 – 21h: Mel Lisboa
  • 22/05 – 21h: Laura Neiva
  • 25/05 – 21h: Sonia Abrão
  • 27/05 – 20h: Fernanda Concon
  • 01/06 – 20h: Ellen Jabour
  • 03/06 – 21h: Júlia Rabello

Conheça o projeto Comida que Faz Bem

O projeto Comida que Faz Bem é uma ação do Programa Alimentação Consciente Brasil que, neste primeiro momento, em parceria com a instituição da sociedade civil Redes da Maré, busca trazer segurança alimentar a crianças e moradores de favelas cariocas em situação de vulnerabilidade, em meio à pandemia global de COVID-19. O projeto conta com apoio institucional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação do Rio de Janeiro.

Entre os dias 09 e 22 de maio, o projeto está distribuindo cerca de 3.000 refeições de origem vegetal a moradores das 16 favelas do Complexo da Maré, localizado na Zona Norte da cidade de Rio de Janeiro (RJ).

“Com a pandemia global de COVID-19, muitas pessoas em situação de vulnerabilidade têm ainda menos acesso à alimentação, principalmente crianças que, com escolas fechadas, não recebem merenda escolar, que é para muitas a principal — senão a única — refeição do dia”, explica Alice Martins, gerente do Alimentação Consciente Brasil, um programa operado pela ONG Mercy For Animals.

Para esta primeira etapa, com duração de duas semanas, a parceria com a Redes da Maré tornou-se essencial. Na Casa das Mulheres da Maré e em articulação com o Maré de Sabores — projeto concebido pela Redes da Maré que trabalha a potência feminina do território pelo viés da gastronomia — estão sendo preparadas e distribuídas 200 refeições por dia.

Sempre observando cuidados de higiene e respeitando as recomendações da OMS de distanciamento social, a instituição vem cuidando da distribuição das refeições aos moradores da região, em uma logística de produção que envolverá 12 cozinheiras do Maré de Sabores, como forma de garantir parte de suas rendas. Nos dias 08 e 15 de maio, essas cozinheiras foram treinadas virtualmente pela chef parceira do Alimentação Consciente Brasil, Bárbara Carvalho, para cozinhar receitas com ingredientes de origem vegetal. Elas receberam ainda um caderno de receitas e um certificado de capacitação.

Cada refeição tem custo de R$ 12,00 (doze reais), incluindo insumos, mão-de-obra e a logística envolvida em todas as etapas — uma redução de 25% em relação ao custo original das refeições geralmente servidas pelas cozinheiras da Redes da Maré.

Sobre a Redes da Maré

A Redes da Maré é uma instituição da sociedade civil que produz conhecimento e elabora projetos e ações para garantir políticas públicas efetivas que melhorem a vida dos 140 mil moradores das 16 favelas da Maré. A Redes da Maré atua por meio de quatro eixos considerados estruturantes para a melhoria da qualidade de vida e garantia de direitos básicos da população da Maré.
http://www.redesdamare.org.br/

Sobre a Mercy For Animals

Fundada há mais de 20 anos nos Estados Unidos, a Mercy For Animals é uma das maiores organizações não governamentais focadas em animais considerados de consumo, e se dedica a transformar o atual sistema alimentar, substituindo-o por um que seja não apenas mais gentil com os animais, mas que garanta um futuro melhor para o nosso planeta e para as pessoas. A Mercy For Animals atua há quase cinco anos no Brasil e também opera no Canadá, em outras regiões da América Latina e na Índia.

Fonte: Grupo Rádio Clube de Itaúna 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]