Itaunense e Santanense publicam Nota Informativa a respeito das situações das Barragens do Benfica e Dr. Augusto Gonçalves

Escrito por em 11/01/2022

As Cias Itaunense e Santanense publicaram Nota Informativa na manhã de terça-feira (11/01) a respeito da situação das Barragens do Benfica e Dr. Augusto Gonçalves, ambas localizadas em Itaúna/MG. Confira a íntegra do comunicado:

A Companhia Itaunense e a Companhia Tecidos Santanense, no tocante às noticias que circulam na cidade correlatas à Barragem do Benfica, da quão são coproprietárias, informam que:

Tanto a Barragem do Benfica, quanto a Barragem Dr. Augusto (esta última de propriedade exclusiva da Itaunense), não apresentam risco ou alerta para o Município de Itaúna neste momento. A última inspeção de segurança realizou-se no mês de outubro de 2021 e estão dentro dos padrões normativos da ANEEL – não sendo observadas anomalias que comprometam a estrutura do barramento.

Os descarregadores de fundo (comportas) da Barragem do Benfica estão abertos para a segurança da barragem e da própria cidade de Itaúna. É necessário que exista a vazão da barragem, visando diminuir o volume de águas acumulado no reservatório, para que não ultrapassado o limite de segurança. Este é o mesmo procedimento realizado, por exemplo, pela CEMIG em relação à Barragem de Carmo de Cajuru.

Procedente a informação de que a barragem está transbordando; significando que o reservatório não conseguiu reter todo o volume de água de chuvas que chegou da cabeceira e afluentes do Rio São João. O “transbordamento” é algo normal e esperado para todos reservatórios.

O que não era esperado é o grande volume de chuvas não apenas nas proximidades da barragem, mas em toda a cabeceira do Rio São João e na própria zona urbana do município.
Mesmo sem aumentar a vazão das comportas que já estavam abertas, o nível da Barragem do Benfica subiu em relação ao registrado na noite de segunda-feira (10/11/2022), ou seja, significa que a barragem está recebendo mais água do que está liberando. Registra-se que com comportas abertas ou fechadas, a vazão da barragem seria a mesma, pois a água está passando pelo vertedouro no alto do barramento.

Estamos seguros no tocante à capacidade e estrutura da Barragem, contudo, não podemos controlar a força das águas ao longo do rio, bem como de córregos e riachos que se somam ao Rio São João e passam pela cidade.

O volume de águas acumulados em toda a região é superior ao registrado nos últimos 30 anos, em decorrência da zona de convergência do atlântico sul que chegou a Minas no início deste mês de janeiro de 2022.

Os empreendedores estão monitorando a barragem 24 horas por dia e em contato direto com a Defesa Civil e Prefeitura Municipal. Pedimos a todos que continuem seguindo os protocolos adotados pelos órgãos competentes e autoridades públicas.

Companhia Itaunense Energia e Participações e Companhia Tecidos Santanense
11/01/2022 – 11 horas

Abaixo algumas fotos ilustrativas da Barragem do Benfica e Barragem Dr. Augusto Gonçalves, com créditos para o fotógrafo Márcio Carvalho:

Imagem aérea da Barragem do Benfica. Crédito de Márcio Carvalho.

Imagem aérea da Barragem do Benfica. Crédito de Márcio Carvalho.

Imagem aérea da Barragem do Benfica. Crédito de Márcio Carvalho.

Imagem aérea da Barragem Dr. Augusto Gonçalves. Crédito de Márcio Carvalho.

 

Créditos das fotos de capa e corpo da matéria (meramente ilustrativa, não da presente data) de Márcio Carvalho 


Opiniões dos leitores
    • Felipe Lima   Em   11/01/2022 at 12:07

      Boa pergunta. O departamento de jornalismo da Rádio Clube de Itaúna Ltda. (Clube FM 93,5 e Conexão FM 106,5) está tentando contato com a Santanense a respeito.

      Sem querer defender ninguém, mas o comunicado da Itaunense e Santanense foi mais direcionado para a população da cidade de Itaúna. É bem provável que seja feita, se ainda não ocorreu, um comunicado por parte da Santanense a respeito da Barragem do Carioca direcionado a Pará de Minas, Onça do Pitangui e Pitangui, que provavelmente chegará aos veículos de comunicação das mencionadas cidades.

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]