ITAÚNA: Polícia Civil prende suspeito por estupro, sequestro e cárcere privado da ex-mulher

Escrito por em 02/03/2021

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão contra um homem, de 50 anos, suspeito pelo sequestro, cárcere privado e estupro da ex- esposa, no município de Itaúna, na região Centro-Oeste do estado. O homem, que também é investigado pelo homicídio do ex-cunhado, foi preso no último sábado (27/2).

O delegado Leonardo Moreira Pio revela que o sequestro ocorreu mediante o emprego de fraude, haja vista que o investigado entrou em contato com o cunhado oferecendo um emprego a ex-companheira. “No dia 15 de dezembro, a vítima foi até o local da suposta proposta de trabalho, onde o investigado a sequestrou e a estuprou. Não satisfeito, no dia 28 de dezembro, ele voltou a procurar a vítima ameaçando-a de morte, após ela ter denunciado as agressões. Além disso, ele dizia que caso ela não reatasse o relacionamento até o início de fevereiro de 2021, ele mataria algum familiar dela”, conta.

Homicídio investigado

O ex-cunhado do suspeito foi assassinado no dia 31 de janeiro deste ano. Na ocasião, a vítima foi surpreendida por dois homens, que desceram de dois veículos e efetuaram disparos de arma, atingindo-a na barriga. “Em seguida, a vítima entrou em luta corporal com os indivíduos e tentou fugir, contudo, foi alcançada pela dupla que, utilizando-se de um instrumento perfuro cortante passou a golpeá-la, e com a arma de fogo efetuaram mais disparos”, detalha o delegado João Marcos do Amaral. Ele ainda acrescenta que o crime ocorreu em frente à casa da mãe da vítima e foi presenciado pela irmã, esposa e filhos dela.

O suspeito, que já possui diversos antecedentes criminais, foi conduzido ao sistema prisional, onde se encontra à disposição da Justiça. As investigações continuam com o objetivo de confirmar a autoria e identificar o segundo envolvido no homicídio.

Confira o que disse o delegado João Marcos do Amaral sobre a prisão:

Confira o que disse o delegado Leonardo Pio sobre o inquérito policial e sobre o suspeito que foi preso:

Equipe da PCMG que trabalhou na prisão do suspeito de estupro, sequestro, cárcere privado e homicídio. Foto: Divulgação PCMG

Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna com informações da Ascom PCMG


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]