ITAÚNA PERMANECE NA ONDA AMARELA APESAR DA MICRORREGIÃO ESTAR NA VERMELHA

Escrito por em 11/09/2020

Comitê Estadual de Enfrentamento a COVID-19 definiu novos enquadramentos para as regiões e microrregiões do estado de Minas Gerais, na qual a microrregião composta pelas cidades de Itaúna, Itaguara, Itatiaiuçu e Piracema foi classificada na onda vermelha. No entanto, optou-se por manter a cidade de Itaúna na onda amarela. Entenda abaixo os motivos segundo comunicado da Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Itaúna:

COMUNICADO

Após reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento a Covid-19, a microrregião que compreende as cidades de Itaúna, Itaguara, Itatiaiuçu e Piracema, foi classificada na “Onda Vermelha” do programa Minas Consciente. A Prefeitura de Itaúna informa que em virtude da possibilidade de escolha ofertada pelo programa Estadual, o Município seguirá a “Onda Amarela” que é a classificação da macrorregião Oeste. Tal opção é ratificada pela Nota Técnica nº 4/SES/CMACRO-COVID19-OESTE/2020 do Comitê Macrorregional Oeste de Enfrentamento da COVID-19 que “entende que os municípios devem seguir a onda amarela, definida para a Macrorregião Oeste”. Mesmo com a alta testagem e com índices de mortalidade proporcionais menores do que do Estado e do Brasil, ressaltamos a importância da população seguir os cuidados necessários de higiene bem como o uso correto da máscara. Todos os empreendedores do comércio, em especial de bares e restaurantes, também têm participação fundamental para que as regras sejam cumpridas e assim possamos evitar um aumento da doença, com consequente elevação da ocupação de leitos do hospital e, consequentemente, retrocesso na flexibilização da atividade econômica do Município.

O Comunicado da Prefeitura Municipal de Itaúna (PMI) veio após divulgação por parte da Secretaria de Saúde do Estado de Minas Gerais que mencionou que a microrregião que Itaúna está inserida foi classificada na Onda Vermelha, e a macrorregião na Onda Amarela. Diante deste cenário, a PMI optou por fazer o enquadramento na macrorregião. Confira abaixo a Nota Técnica divulgada pela Secretaria de Estado de Saúde:

Nota técnica datada de 10/09/2020.

Fonte: Grupo Rádio Clube de Itaúna

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]