Itaúna/MG: desabamento de terra de barranco em construção no bairro Nogueira Machado provoca uma morte na terça-feira (01/06)

Escrito por em 01/06/2021

Na terça-feira (01/06) um desabamento de terra de barranco em construção civil no bairro Nogueira Machado, em Itaúna/MG, provocou a morte de uma pessoa de 39 anos de idade. Segundo apurações do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar de Minas Gerais, a forte chuva que ocorreu na segunda-feira (31/05) fez com deslizamento de terra ocorresse.

Foto do soterramento ocorrido em Itaúna/MG na terça-feira (01/06).

Foto do soterramento ocorrido em Itaúna/MG na terça-feira (01/06).

Foto do soterramento ocorrido em Itaúna/MG na terça-feira (01/06).

Foto do soterramento ocorrido em Itaúna/MG na terça-feira (01/06).

Crédito do vídeo acima de autoria desconhecida / reprodução oriunda das redes sociais. 

 

Confira abaixo a nota publicada pelo Corpo de Bombeiros a respeito do assunto:

Soterramento em Itaúna

O Corpo de Bombeiros Militar de Itaúna recebeu, às 15:33 horas desta quarta (01/06), chamado para atendimento de uma vítima soterrada, na Rua Sidney Drumond, Bairro Nogueira Machado, em Itaúna.

Foram empenhados 3 viaturas, sendo elas uma Unidade de Resgate (UR), e dois Salvamentos (AS e ABTS).

Ao chegar no local, os militares se depararam com um barranco com aproximadamente 6,5m cedido e uma vítima soterrada. Foram realizadas buscas com técnicas de salvamento e a vítima foi encontrada com 15 minutos de trabalho, em parada cardiopulmonar (PCR) constatada. Devido à grande quantidade de terra e peso (decorrente da chuva de ontem), a retirada total da vítima findou em 50 minutos.

Preservando a integridade dos militares que estavam trabalhando e civis que estavam observando no local, foram colocadas estacas para que fossem evitados futuros deslizamentos.

O local do acidente se tratava de uma fundação para construção de um prédio, na qual os funcionários estavam cavando uma vala para instalação de sapatas. No momento do deslizamento, a vítima, 39 anos, estava dentro desta vala, ficando soterrada.

O deslizamento foi consequência da intensa chuva do dia de ontem, a qual deixou a terra molhada e pesada, e da falta de segurança que a obra apresentava. Na construção, não havia estacas de segurança nem lonas recobrindo o barranco para que acidentes fossem evitados.

Após a retirada da vítima, houve um primeiro atendimento no local, com manobras de reanimação cardiopulmonar (RCP), e o repasse da mesma para a Unidade de Suporte Básico (USB) do SAMU que chegou ao local durante os trabalhos dos militares.

O SAMU conduziu a vítima para o Hospital Manoel Gonçalves ainda em PCR.

Na cena do acidente, o Corpo de Bombeiros Militar também contou com apoio da Polícia Militar para sinalização e controle de trânsito e fluxo de transeuntes.

Em caso de emergência, Ligue 193
Bombeiro Militar, o amigo certo nas horas incertas

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]