Itaúna atinge a marca de 10% da população imunizada com as duas doses das vacinas contra Covid-19

Escrito por em 24/06/2021

A Prefeitura de Itaúna divulgou nesta quarta-feira, 23/06, o número de doses aplicadas até o dia 22/06, das vacinas contra a Covid-19. De acordo com a divulgação da prefeitura de Itaúna, cinco meses depois do início da vacinação na cidade (a primeira dose foi aplicada pelo prefeito Neider Moreira na enfermeira Danielle Soares no dia 20 de janeiro), foram imunizadas com a segunda dose das vacinas contra Covid-19, 9.645 pessoas.

Este número equivale a pouco mais de 10% da população de Itaúna que, de acordo com a projeção de dados do IBGE para 2020, é de 93. 847 pessoas. Lembrando que somente são consideradas imunizadas as pessoas que receberam as duas doses da vacina. Portanto, quem recebeu somente a primeira dose, 26.318 pessoas, estão apenas parcialmente imunizados. A única exceção é para a vacina da empresa Janssen, que ainda não chegaram à cidade, que prevê imunização com apenas uma dose. Isso equivale a 90% da população de Itaúna – mais de 84 mil pessoas – ainda não estão imunizados contra a Covid-19.

Danielle Soares da Silva, enfermeira de PSF Cidade Nova, recebe  do Prefeito Neider Moreira a primeira dose de vacina contra Covid-19 em Itaúna no dia 20/01/21

Estão imunizados contra Covid-19 em Itaúna:

  • Profissionais de saúde – 2479 pessoas
  • Idosos em Instituição de Longa Permanência – 114 pessoas
  • Residência inclusiva – 15 pessoas
  • Idosos
    • 90 anos – 336 pessoas
    • 85 a 89 anos – 533 pessoas
    • 80 a 84 anos – 970 pessoas
    • 75 a 79 anos – 1.543 pessoas
    • 70 a 74 anos – 2.238 pessoas
    • 65 a 69 anos – 1.209 pessoas
    • 60 a 64 anos – 53 pessoas
  • Forças de segurança e salvamento – 109 pessoas
  • Funcionários do sistema de privação de liberdade – 07 pessoas
  • Pessoas com deficiência permanente com BPC de 18 a 59 anos – 39 pessoas

ATENÇÃO

É importante lembrar que a imunização contra Covid-19 não impede que as pessoas possam contrair o novo Coronavírus.

Isso pode acontecer porque nenhuma vacina disponível no mundo atualmente tem eficácia de 100% contra o vírus Sars-CoV-2, ou seja, não impede que o indivíduo seja infectado e passe a doença para outras pessoas. Mas elas são eficazes no sentido de evitar os casos graves da doença, que levam à intubação e à morte.

Portanto, quem está imunizado deve continuar tomando todos os cuidados pois pode contrair o vírus, ficar assintomático, e transmitir a doença para os outros 90% da população que ainda não foram vacinados com as duas doses das vacinas contra Covid-19.

Confira os dados do vacinômetro de Itaúna

vacinômetro Itaúna 23/06/21

vacinômetro Itaúna 23/06/21

vacinômetro Itaúna 23/06/21

*Intervalo entre primeira e segunda dose
💉 Coronavac – até 28 dias
💉 Oxford / Astrazeneca – 3 meses
💉 Pfizer / BioNTech – 3 meses

Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]