Incêndio na Siderúrgica Ferguminas em Itaúna. Segundo acidente em pouco mais de dois meses na empresa

Escrito por em 04/09/2020

Incêndio na Siderúrgica Ferguminas, em Itaúna mobiliza Batalhão do Corpo de Bombeiros desde a noite de quinta-feira (03/09) até o início da tarde desta sexta-feira, 03/09, para controlar as chamas e evitar que o fogo atinja outras edificações. É o segundo acidente grave registrado na empresa em pouco mais de dois meses.

A Central de Operações de Bombeiros recebeu um chamado às 19h desta quinta-feira (03), para atendimento de um incêndio em uma siderúrgica, na MG-431, km 36, na área rural em Itaúna.

No local foi constatado que três galpões com aproximadamente oito toneladas de carvão haviam incendiado.

Sem vítimas

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros não houve vítimas no local e até o presente momento o fogo está restrito aos três silos.

Fogo ainda não cessou

A ocorrência permanece em andamento até o início da tarde desta sexta-feira, 04/09. Uma guarnição de Bombeiros monitora o incêndio para que não se alastre para outras edificações.

Bombeiros trabalham para conter as chamas na Siderúrgica Ferguminas em Itaúna. Foto: Divulgação Batalhão de Bombeiros de Itaúna

Bombeiros trabalham para conter as chamas na Siderúrgica Ferguminas em Itaúna. Foto: Divulgação Batalhão de Bombeiros de Itaúna

Bombeiros de três cidades mobilizados na ação

Foi montando um Sistema de Comando em Operações para traçar as estratégias para combate e monitoramento do incêndio. Além disso, foram mobilizados 12 Bombeiros Militares das cidades de Itaúna, Divinópolis e Pará de Minas.

Foram utilizados 3 caminhões de incêndio (ABTS, ABT  e ATB), além de uma unidade de resgate (UR ) e 2 viaturas administrativas.

Contamos ainda com o apoio da empresa de tratamento de água e esgoto (SAAE) com um caminhão pipa e com caminhões e tratores da empresa Ferguminas.

As causas do incêndio ainda não foram detectadas.

Outro grave acidente em junho

NO dia 16 de junho outro grave acidente aconteceu na siderúrgica mobilizando militares do Corpo de Bombeiros e equipes do Samu. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros no dia do acidente, um tanque que havia sido desativado na empresa na segunda-feira estava recebendo serviço de soldagem quando aconteceu a inalação de gás, provavelmente Monóxido de Carbono.

A inalação de gás na Siderúrgica Ferguminas, em Itaúna, causou seis vítimas: cinco funcionários e um militar do Corpo de bombeiros, que precisaram de atendimento médico de urgência.

Três funcionários ficaram inconscientes e foram levados para atendimento de urgência no Hospital Manoel Gonçalves. Outro funcionário, em estado mais grave, precisou ser transportado de helicóptero até o Hospital João XXIII em Belo Horizonte. Outros dois funcionários que também inalaram o gás foram encaminhados para o Hospital Manoel Gonçalves ainda conscientes. Um dos militares do Corpo de Bombeiros que estava prestando socorro aos acidentados também passou mal e precisou ser atendido no hospital em Itaúna.

Abaixo você confere vídeo do acidente que aconteceu em Junho com ação do transporte de vítima pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros. Registro do cinegrafista Ricardo Miranda da TV Alterosa:

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna

Leia mais:

SEIS VÍTIMAS INALAM GÁS EM TORRE DA SIDERÚRGICA FERGUMINAS EM ITAÚNA E PRECISAM DE ATENDIMENTO MÉDICO


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]