Festival de Todas as Cores divulga resultado da seleção

Escrito por em 14/07/2021

O Festival #DeTodasAsCores divulga hoje em seu site o resultado da seleção de artistas para composição da grade do evento. São artistas independentes, negros e LGBTQIA+, que irão receber um prêmio de R$ 500 em dinheiro. A lista com os/as escolhidos/as está disponível no site www.moisespescador.com/regulamento-dtc e no Instagram @festival.de.todas.as.cores.

Assim, o #DeTodasAsCores entra oficialmente na sua segunda fase, na qual será medido o envolvimento dos respectivos públicos dos artistas escolhidos.  Entre os dias 17 e 23 de julho, os vídeos dos/as selecionados/as serão exibidos no canal de Moisés Pescador. Os 10 vídeos que tiverem maior engajamento no Youtube (visualizações + comentários) seguirão para a etapa final: uma votação popular nos dias 24 e 25 de julho para escolher os três melhores, que receberão prêmios em dinheiro.

O Festival acontece de maneira totalmente aberta e online. Todas as pessoas que se interessarem podem acompanhar as atividades por meio do canal do YouTube de Moisés Pescador – acesse https://bit.ly/CanalYouTubeMoisesPescador – e também pelo Instagram @festival.de.todas.as.cores.

Informações sobre os/as inscritos/as

No que tange à inscrição, houve uma expressiva participação de pessoas LGBTQIA+: quase 40% dos inscritos se declarou não heterossexual. Desse público, destacam-se as pessoas bissexuais (30,8%), lésbicas (23,1%) e gays e pansexuais, cuja porcentagem foi idêntica: 15,4%. Trans e queer somam também a mesma porcentagem de assexuais: 7,7%. No que tange ao quesito raça/cor, a maioria das pessoas inscritas é negra: 58,1% (38,7% de pretos e 19,4% de pardos). Brancos e brancas somam 29% e outras denominações (como amarela e indígena) alcançaram 12,9%.

Todas as pessoas inscritas foram convidadas a participar da jornada formativa que o #DeTodasAsCores ofereceu na última semana de junho. As formações se iniciaram com o tema “Música Independente e Gestão de Carreira”, facilitada pelo produtor executivo e idealizador do festival, o empreendedor social Moisés Pescador. As palestras finalizaram com Rodolfo Lacerda, especialista em Marketing, falando sobre Marketing Digital e Planejamento Estratégico.

Viabilizado pela Lei Emergencial Aldir Blanc por meio da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais, o projeto visa fortalecer e dar visibilidade principalmente a artistas negros e/ou LGBTQIA+ para que seja possível construir um mundo sem preconceitos e de todas as cores. No total, serão quase R$30 mil investidos em prêmios para os artistas. Mais informações sobre o evento podem ser conferidas no link www.moisespescador.com/todas-as-cores.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]