Cascavel/PR: Prefeitura desmente fake news de rodízio de pedestres por tamanho do sapato

Escrito por em 21/05/2020

Piada foi desmentida pela prefeitura de Cascavel

 

O senso de humor do brasileiro é conhecido por transformar em piada até a mais absurda das tragédias, e com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) isso não tem sido diferente. Nesta quinta-feira (21), uma dessas piadas que viralizou acabou tendo de ser desmentida oficialmente pela prefeitura de Cascavel, cidade paranaense com quase 330 mil habitantes.

O meme em questão, com logomarca e tudo da prefeitura, falava no rodízio de pedestres pelas ruas, que poderiam sair de casa em dias determinados com base na numeração do calçado.

“A partir da próxima segunda-feira, na cidade de Cascavel, teremos rodízio de pedestres. Aqueles que calçam número par poderão andar pelas calçadas nos dias pares, os demais nos dias ímpares”, diz parte do comunicado falso.

Numa sessão do site oficial da prefeitura, que desmente ou explica fatos sobre o coronavírus, essa notícia foi desmentida.

“É uma piada, mas não é que tem quem acredita? Não importa o tamanho do seu pé, as únicas coisas que precisa cuidar são: sair de casa apenas se necessário, usando máscara, manter distanciamento e usar álcool em gel. O comunicado sobre o rodízio por numeração de calçados que está circulando nas redes sociais, claro que é fake. Essa foi uma brincadeira leve, mas é preciso ter cuidado. O assunto é sério e alguns fakes induzem pessoas a erro, trazendo riscos à segurança e à saúde pública. Ah! E não esqueça. Lembre de tirar o calçado para entrar em casa”, afirma o órgão oficial.

O meme tem circulado em diferentes cidades ou regiões e o internauta tem tido o cuidado para alterar a logomarca e a cidade em questão.

A ideia apresentada pela notícia falsa é similar ao rodízio de carros adotado pela Prefeitura de São Paulo, que permitia circulação de carros com final de placa em número par apenas em dias pares — e vice-versa no caso de placas de final ímpar. O esquema de rodízio acabou suspenso pelo prefeito da capital paulista, que retomou o rodízio anterior.

Foto: Reprodução/Prefeitura de Cascavel

Fonte: O Tempo


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]