Covid-19: Ministério da Saúde credencia centros de atenção primária à saúde do Centro-Oeste para desafogar hospitais

Escrito por em 12/04/2021

Por Portal G1

As cidades de Moema, Perdigão, Pará de Minas e São Francoso de Paula tiveram Centros Comunitários de Referência e Centros de Atendimento para o Enfrentamento da Covid-19 credenciados pelo Ministério da Saúde.

Ao todo, estão sendo beneficiados 2.302 estabelecimentos em 1.960 municípios brasileiros. A intenção é reforçar a assistência e o cuidado aos pacientes que buscam atendimento no Sistema Único de Saúde (SUS) durante a pandemia.

Os municípios credenciados receberão valores para custeio dos espaços. O repasse foi publicado nesta sexta-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU). A transferência do incentivo financeiro será realizada pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) aos Fundos Municipais de Saúde de forma automática e em parcela única.

Os municípios que, nas competências financeiras novembro ou dezembro, tinham os centros credenciados e implantados e reportaram o funcionamento das unidades no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES), poderão receber os recursos.

O que são os Centros?

Criados em maio de 2020, os estabelecimentos fazem parte de um conjunto de ações elaboradas pelo Ministério da Saúde para ampliar a assistência à saúde durante a pandemia da Covid-19 no âmbito da Atenção Primária.

Os Centros Comunitários foram credenciados exclusivamente para os municípios que têm comunidades e favelas, conforme classificação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já os Centros de Atendimento, disponíveis para todos os municípios, atuam como ponto de referência da Atenção Primária no SUS.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]