Corruptovírus já recebeu 70 denúncias de desvios relativos à Covid, de 21 estados diferentes

Escrito por em 22/08/2020

Corruputovírus é uma ferramenta de denúncia, com foco em casos vinculados à Covid-19.  Essa iniciativa é uma parceria do Instituto Não Aceito Corrupção com mais de vinte entidades, entre associações de classe, organizações da sociedade civil e movimentos sociais, como por exemplo a Transparência Brasil, Contas Abertas, Transparência Partidária, Ministério Público Democrático, entre outras (confira a lista completa ao final do release).

A plataforma, que foi lançada em 28 de maio e está disponível no site do Instituto, recebe queixas dos cidadãos brasileiros relativas à pandemia do novo coronavírus. Ao todo, já foram registradas 70 denúncias, que estão sendo apuradas para serem encaminhadas para o Ministério Público. Cidadãos de 21 estados diferentes já utilizaram a ferramenta, das cinco regiões do país. São Paulo é o estado com mais denúncias (11 delas), seguido por Pernambuco (9), Rio de Janeiro (7) e Bahia (6).

“A ideia do Corruptovírus é empoderar as pessoas que, nesse momento de isolamento social, se sentem incapazes de agir quando veem desvios, crimes contra a saúde ou ao patrimônio público”, conta Roberto Livianu, Procurador de Justiça no Estado de São Paulo e Presidente do Instituto.

COMO FUNCIONA

As denúncias apresentadas no Corruptovírus são enviadas para o Ministério Público, para abertura de inquérito civil ou policial. Antes, porém, passaram por uma triagem técnica interna. Trata-se de uma tríade de membros do MP, que por meio de uma parceria com o INAC faz uma primeira análise sobre a consistência mínima das denúncias.

“O Corruptovírus nasce a partir do momento que observamos a quantidade de casos de desvios, fraudes e suspeitas de crimes durante essa, que é a maior crise sanitária, econômica e social dos últimos cem anos”, conta Livianu. “Entendemos que, como Instituto que combate a corrupção há pelo menos cinco anos, neste país, precisávamos fazer algo pela sociedade civil”, complementa o Procurador.

Para fazer a denúncia é só entrar aqui e relatar o fato que será encaminhado para o Ministério Público competente, e, dependendo da natureza do fato, para o MP especializado (criminal, saúde pública etc.). O acompanhamento da denúncia deve ser feito no próprio site do Instituto.

QUEM APOIA O PROJETO

  • MAS (Movimento Acorda Sociedade)
  • PSAG (Public Sector Accounting & Governance)
  • Indústria Nacional Design
  • Transparência Partidária
  • APMP (Associação Paulista do Ministério Público)
  • Ouvidor Digital
  • MPD (Movimento do Ministério Público Democrático)
  • Ética Saúde
  • Eseni (Escola Superior de Ética Corporativa, Negócios e Inovação)
  • Contas Abertas
  • Conamp (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público)
  • Cloud Suite
  • CNSP (Confederação Nacional dos Servidores Públicos)
  • CBDL (Câmara Brasileira de Diagnóstico Laboratorial)
  • Instituto ARC
  • Apamagis (Associação Paulista dos Magistrados)
  • ANTC (Associação Nacional dos Auditores de Controle Externo dos Tribunais de Contas do Brasil)
  • AMPCON (Associação Nacional do Ministério Público de Contas)
  • IBDEE (Instituto Brasileiro de Direito e Ética Empresarial)
  • AUDTCU (Associação da Auditoria de Controle Externo do TCU)
  • CNPGC(Conselho Nacional dos Procuradores Gerais de Contas)
  • Conacate (Confederação Nacional das Carreiras e Atividades Típicas do Estado)
  • ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República)
  • FECC (Frente Ética contra a Corrupção)
  • Transparência Brasil
  • Pacto Global da ONU

Instituto Não Aceito Corrupção (INAC)

O Instituto Não Aceito Corrupção é uma associação civil, nacional e apartidária, sem fins econômicos, criada em 2015. Fundada e presidida pelo procurador de justiça Dr. Roberto Livianu, a entidade conta com a participação ativa de seus membros. A associação concentra esforços no combate estratégico da corrupção, lutando para que a ética e a transparência passem a vigorar no país.

Foto de capa: imagem meramente ilustrativa


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]