Comerciantes de Itaúna realizam manifestação para cobrar do Executivo e Legislativo Municipal investimento em leitos de UTI e fiscalização no combate à Covid-19

Escrito por em 25/01/2021

Com o apoio e participação da CDL Itaúna e ACE Itaúna, comerciantes realizaram uma manifestação na manhã desta segunda-feira (25) na Praça Dr. Augusto Gonçalves (Praça da Matriz), onde cobraram medidas de enfrentamento à Covid-19 efetivas por parte da Prefeitura, para que o comércio não precise mais fechar as portas.

O setor entende que os comerciantes fizeram a parte que lhes cabia, colaborando com a campanha “Doar para Salvar”, que conseguiu arrecadar aproximadamente três milhões de reais, sendo este valor revertido em novos leitos para combate à Covid-19 em Itaúna, além de respiradores, monitores cardíacos, EPI’s, pagamento de folha salarial dos prestadores de serviços do Hospital Manoel Gonçalves; além dos colaboradores das empresas estarem seguindo os protocolos de segurança.

Os comerciantes entendem que órgãos públicos como Prefeitura Municipal de Itaúna e Câmara Municipal de Itaúna também deveriam ter criado leitos no Hospital Manoel Gonçalves para combate a Covid-19, assim como intensificar a fiscalização de aglomerações e festas, para que, dessa maneira, não faltassem leitos para atendimento das vítimas do Novo Coronavírus.

Confira no link abaixo a reportagem completa de todas as atitudes do Executivo Municipal que contribuíram para a indignação de comerciantes e na mobilização para realizar a manifestação para cobrar mais ações de enfrentamento à Covid-19:

ITAÚNA/MG: PROTESTO CONTRA O FECHAMENTO DO COMÉRCIO ESTÁ AGENDADO PARA 11H DE SEGUNDA-FEIRA (25/01). CONFIRA AS SOLUÇÕES PROPOSTAS

 

Jornalismo Grupo Rádio Clube

No início da noite de segunda-feira (25), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Itaúna fez contato com o plantão do departamento de Jornalismo do Grupo Rádio Clube de Itaúna e gentilmente solicitou que fosse acrescido ao final da matéria uma Nota de Esclarecimentos por parte do poder Executivo, nos termos que segue transcrita na íntegra abaixo:

NOTA

A Prefeitura de Itaúna entende que toda manifestação pacífica é salutar e democrática. Ressaltamos que por parte do Município tudo foi feito, tanto para garantir a manutenção da atividade econômica quanto a priorização da retaguarda médico hospitalar em nossa cidade. Em razão de ação judicial, o município entrou no Minas Consciente. Com o agravamento dos indicadores, o fechamento do comércio não essencial é o único caminho indicado pelo programa.

 


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]