Com atraso de 10 meses em obra, Vale inicia testes de captação de água no rio Paraopeba

Escrito por em 15/07/2021

Por Portal G1 Minas

Prevista para ser entregue em setembro de 2020, a nova estação de captação de água no rio Paraopeba, afetado pela lama da barragem da Vale, que se rompeu em Brumadinho há mais de dois anos, vai começar a fase de testes operacionais apenas nesta quinta-feira (15), dez meses depois do prazo inicial.

O processo completo, até que a estação esteja operando com toda sua capacidade, ainda levará “semanas”, segundo a Vale

A estrutura é de responsabilidade da mineradora, de acordo com termo de compromisso assinado em conjunto com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

A nova estação começou a ser construída em outubro de 2019. Em dezembro de 2020, três meses depois do prazo estabelecido para a entrega da obra, a Vale disse à Comissão Especial de Estudo – Abastecimento Hídrico, da Câmara Municipal de Belo Horizonte, que a nova previsão de entrega seria fevereiro deste ano, cinco meses depois do acordado.

Dias depois, vereadores apresentaram um relatório, alertando para o risco da capital e da região metropolitana sofrerem uma crise no abastecimento de água por causa do atraso nas obras de captação.

Em fevereiro deste ano, a Vale disse que a estação seria entregue no mês de março. Mas afirmou que a capacidade total do empreendimento só deveria acontecer no segundo semestre de 2021.


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]