Cidades da região têm mais opções de funerárias do que Itaúna. Vereadores querem mudança. Prefeitura afirma que fará licitação para mais empresas

Escrito por em 18/06/2021

Um dos momentos mais delicados na vida das pessoas é o momento do luto. Em uma situação de lidar com a perda de um ente querido, ainda há a preocupação com o funeral. É quando entram em cena as funerárias, empresas que fazem a preparação do corpo, a disposição na urna funerária e a ornamentação básica.

Em Itaúna/MG há apenas uma empresa que oferece esse serviço para uma população de 93.847 pessoas (de acordo com a projeção de dados do IBGE).

Um Projeto de Lei elaborado pelos vereadores Kaio Guimarães (PSC) e Gustavo Dornas Barbosa (PATRIOTA) propõe que seja aberta licitação para que mais empresas possam prestar o serviço. A proposta dos vereadores prevê a instalação de 01 (uma) concessionária de serviços funerários para cada 30.000 (trinta mil) habitantes. Ou seja, Itaúna passaria a ter 03 (três) funerárias para atender à população.

Atendendo à solicitação de diversos ouvintes, o jornalismo do Grupo Rádio Clube de Itaúna realizou uma pesquisa nas cidades da região e constatou que em pelo menos sete delas há mais de uma funerária em operação. A maioria das cidades pesquisadas tem população inferior à de Itaúna de acordo a projeção de dados do IBGE para 2020.

No levantamento que o Grupo Rádio Clube de Itaúna realizou foram orçados o serviço com preparação do corpo, ornamentação e urna. Constatamos que o que diferencia o maior e o menor valor, na maioria dos casos, é apenas a qualidade da urna funerária. Os dados apresentados abaixo são para este tipo de serviço – sem coroas de flores – no qual foram orçados o menor e o maior custo disponível em cada funerária.

Confira a nossa apuração:

São Gonçalo do Pará/MG

População: 12.597 habitantes – 02 (duas) funerárias

  • Funerária Rena Pax – Há 3 anos na cidade
    • Menor custo: R$900,00
    • Maior custo: R$10.000,00
  • Funerária São José (Jada Pax) – Há 25 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.500,00
    • Maior custo: R$22.000,00

Carmo do Cajuru/MG

População 22.693 habitantes – 04 (quatro) funerárias

  • Funerária Jada Pax – Há mais de 15 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.000,00
    • Maior custo: R$9.000,00
  • Funerária São Sebastião – Há 15 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.500,00
    • Maior custo: R$25.000,00
  • Funerária Cajuru – Há mais de 12 anos na cidade
    • Menor custo: R$3.900,00
    • Maior custo: R$20.000,00
  • Funerária Urnas El Shaday –
    • Não atendeu às nossas chamadas

Cláudio/MG

População: 28.859 habitantes – 03 (três) funerárias

  • Funerária São Simão – Há 40 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.200,00
    • Maior custo: R$5.300,00
  • Funerária Bom Jesus – Há 3 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.500,00
    • Maior custo: R$8.000,00
  • Funerária São Francisco – Há mais de 30 anos na cidade
    • Menor custo: R$3.500,00
    • Maior custo: R$14.000,00

Bom Despacho/MG

População: 51.028 habitantes – 02 (duas) funerárias

  • Funerária N.S. do Bom Despacho – Há 30 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.800,00
    • Maior custo: R$9.800,00
    • Observação: A funerária também oferece, no contrato firmado com a prefeitura, serviço gratuito de funeral para moradores em situação de rua e de asilos sem condições de arcar com os custos
  • Funerária Sant’Ana
    • Não atendeu às nossas chamadas

Formiga/MG

População: 67.822 habitantes – 03 (três) funerárias

  • Funerária do Helinho – Há 20 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.500,00
    • Maior custo: R$6.000,00
  • Funerária Aliança – Há 11 anos na cidade
    • Menor custo: R$2.000,00
    • Maior custo: R$6.000,00
  • Funerária do Marquinho
    • Pediu um tempo para passar informações para a reportagem e não retornou até o fechamento da matéria

Nova Serrana/MG

População: 105.520 habitantes – 05 (cinco) funerárias

  • Funerária Jada Pax – Há 20 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.800,00
    • Maior custo: R$17.200,00
  • Funerária Rena Pax – Há 12 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.900,00
    • Maior custo: R$18.800,00
  • Funerária Pax Líder – Há mais de 10 anos na região e há um ano em Nova Serrana
    • Menor custo: R$2.200,00
    • Maior custo: R$36.000,00
  • Funerária PrevMinas
    • Não atendeu às nossas chamadas
  • Funerária Inter Pax
    • Não atendeu às nossas chamadas

Divinópolis/MG

População: 240.408 habitantes – 02 (duas) funerárias

Observação: Em Divinópolis há uma situação diferenciada em relação às outras cidades pesquisadas. A cidade oferece um serviço municipal, no qual não há lucro na prestação do serviço e as famílias carentes podem entrar com pedido na Secretaria de Assistência Social para que os boletos emitidos pelo município sejam cancelados. Além do serviço municipal há mais uma funerária que conta também com cemitério próprio

  • Serviço Municipal de Luto
    • Menor custo: R$1.850,00
    • Maior custo: R$2.500,00
  • Funerária Cemitério Parque da Serra
    • Menor custo: R$1.210,00
    • Maior custo: R$7.855,00

 

Cidades da região com apenas um serviço funerário

Também pesquisamos, para comparação, duas cidades da região, uma com tamanho populacional similar a Itaúna e outra de menor porte, que oferecem apenas uma empresa funerária para atender à população.

Pará de Minas/MG

População: 94.808 habitantes

  • Funerária Cuidar Assistência – Há 55 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.200,00
    • Maior custo: R$38.000,00

Córrego Fundo/MG

População: 6.382 habitantes

  • Funerária Córrego Fundo – Há 18 anos na cidade
    • Menor custo: R$1.500,00
    • Maior custo: R$6.000,00

Itaúna/MG

População: 93.847 habitantes

  • Funerária Jada Pax
    • Menor custo: R$2.835,00
    • Maior custo: R$29.900,00

Confira a tabela completa de preços da funerária apresentada aos vereadores Kaio Guimarães e Gustavo Barbosa em visita que os edis fizeram à empresa no final de maio.

Tabela de preços funerária Jadapax Itaúna divulgada pelo vereador Kaio Guimarães

Projeto de Lei em tramitação na Câmara Municipal de Itaúna

O projeto de lei elaborado pelo vereador Kaio Guimarães está tramitando na casa legislativa, atualmente em avaliação pela Comissão de Constituição e Justiça. O projeto aguarda a confecção do parecer da Comissão para ser apresentado aos demais vereadores para discussão e votação.

O objetivo do projeto é que a concessão de serviço público terá como limite mínimo a instalação de 01 (uma) concessionária de serviços funerários para cada 30.000 (trinta mil) habitantes. Ou seja, Itaúna passaria a ter 03 (três) funerárias para atender à população de 93.847 moradores.

A justificativa apresentada no projeto de lei é que a lei municipal que dispõe sobre o serviço funerário em Itaúna é de 1974 e há 47 anos este serviço público é explorado por apenas um concessionário. (Confira o projeto abaixo na íntegra)

Prefeitura Municipal de Itaúna revoga licitação

No último dia 09 de março, 09/03/2021, a prefeitura de Itaúna revogou a licitação que estava em curso visando a concessão de serviços funerários no município. (Confira abaixo na íntegra) A revogação aconteceu depois que a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) confirmou, em dezembro do ano passado, a suspensão da Concorrência 06/2019 (Processo Licitatório 415/2019), para a concessão de serviços públicos funerários e administração das capelas velórios, em Itaúna.

A revogação aconteceu depois de denúncia feita pela Funerária Nossa Senhor Aparecida ao TCE de que haveria irregularidades na licitação. (Confira abaixo, na íntegra, a decisão do TCE)

O secretário municipal de Administração, Dalton Leandro, afirmou ao jornalismo do Grupo Rádio Clube de Itaúna que a intenção do poder executivo é abrir novo processo licitatório no qual o serviço será concedido a mais de uma empresa.

O processo anterior, estabelecido pela prefeitura em 2019, entretanto, não previa que mais de uma funerária poderia explorar a concessão em Itaúna. (Confira abaixo na íntegra)

Passado tumultuado

Em 2014 um empresário causou tumulto em Itaúna ao tentar abrir “na marra” em empresa funerária sem participar de licitação. Não deu certo. A última licitação para a concessão de Serviço funerário foi concluída em Itaúna em 2010 e originou o contrato nº 003, de 11/02/2010, pelo qual o serviço foi concedido pelo prazo de 5 anos, prorrogável por mais 5 anos, caso a empresa esteja cumprindo as obrigações contratuais. A vencedora foi a Funerária N. Sra. Aparecida. Ao final do contrato (em 10/02/2015) a Administração Municipal, feita a análise final da execução do contrato, decidiu pela prorrogação do contrato por mais 5 anos.

Confira na íntegra:

Projeto de Lei em tramitação na Câmara de Vereadores de Itaúna: Projeto de lei 88.21 funerárias

Revogação da Licitação para concessão de serviços funerários em Itaúna: revogação licitação concessão funerária março 2021

Decisão do TCE suspendendo a licitação de serviços funerários em Itaúna: Decisão TCE suspensão licitação serviço funerário dez 2020

Edital de Concorrência para concessão de serviços públicos funerários de 23 de dezembro de 2019:  Edital de Concorrência 06.2019 – concessão serviços publicos funerários

Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]