Auxílio Emergencial cai para 300 reais, mas é prorrogado até dezembro

Escrito por em 01/09/2020

O presidente Jair Bolsonaro, anunciou na manhã desta terça-feira, 01/09, a prorrogação do pagamento do Auxílio Emergencial até dezembro deste ano. Antes fixadas em  600 reais, as parcelas passarão para 300 reais, conforme explicou o Chefe de Estado, que fez pronunciamento ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes

O valor do benefício, criado para anteder trabalhadores informais que perderam renda em razão da pandemia do novo coronavírus, foi anunciado após reunião do presidente com ministros e parlamentares aliados no Palácio da Alvorada.

“Agora resolvemos prorrogá-lo [o auxílio] por medida provisória até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do Bolsa Família. R$ 300 reais”, disse o presidente.

“O valor como vínhamos dizendo, R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil. Podemos dizer que não é um valor suficiente muitas vezes para todas as necessidades. Mas basicamente atende”, completou o presidente.

Prorrogações

A criação do auxílio, em abril, teve como objetivo ajudar trabalhadores informais afetados pela pandemia. Inicialmente, seria pago em três parcelas de R$ 600, e iria até julho.

O auxílio já tinha sido prorrogado por mais duas parcelas de R$ 600 e agora tem mais quatro meses de prorrogação com a metade do valor.

 

Fonte: Jornalismo Grupo Rádio Clube de Itaúna com informações do Portal G1


Opiniões dos leitores

Deixar um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *



[Não há estações de rádio no banco de dados]